ABCS realiza Levantamento de Resultados do Protocolo de Intenções com MAPA

Levantamento resume todas as ações e materiais produzidos em virtude da assinatura do Protocolo e mostra que foram mais de quatro mil produtores e colaboradores capacitados ao longo dessa Parceria Público-Privada

A Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) desenvolveu um relatório com o levantamento com os resultados de ações realizadas nos últimos três anos por meio do Protocolo de Intenções com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). O material foi entregue nesta terça-feira (04),  para o secretário de Mobilidade Social, do Produtor Rural e Cooperativismo da pasta, José Dória, com o balanço de ações desenvolvidas com foco em boas práticas agropecuárias e o bem-estar animal da suinocultura.

O levantamento entregue ao secretário tem como objetivo sintetizar todos relatórios técnicos e de pesquisas concretizados nos últimos três anos. Ao todo foram capacitados 4.111 produtores e colaboradores. O resumo relata também os caminhos tomados pelas entidades para sugerir a adoção de boas práticas na suinocultura de forma gradual e com amparo de linhas de crédito e de políticas públicas alinhadas as diversidades regionais do país.

O secretário José Dória afirmou que as ações realizadas foram ao encontro dos projetos da Comissão de Bem-Estar Animal e do Departamento de Desenvolvimento das Cadeias Produtivas e Sustentabilidade da Secretaria de Mobilidade Social, do Produtor Rural e do Cooperativismo  (SMC) do Ministério. “O resumo das atividades produzido pela ABCS por meio do Protocolo mostra a qualidade e o engajamento do trabalho realizado pela Parceria Público-Privada. Com certeza foi uma entrega eficiente e consolidada”, disse o secretário Dória.

O objetivo do protocolo é fomentar as boas práticas agropecuárias e o bem-estar animal da suinocultura por meio da capacitação e qualifi­cação dos associados, colaboradores e fornecedores de serviços e produtos ao setor suinícola. O diretor executivo da ABCS, Nilo de Sá, explicou durante a reunião a importância das ações conjuntas e o alinhamento dos discursos entre MAPA e ABCS para fomentar o desenvolvimento da atividade. “Estamos promovendo as boas práticas e a adoção do bem-estar animal, não é um trabalho rápido, mas de forma harmônica vamos levando essas informações e adequando a realidade dos nossos produtores”, destacou de Sá.

A parceria entre a ABCS e o MAPA terá continuidade nos próximos anos, nos quais estão previstos novas capacitações e palestras que abordem estas temáticas e divulguem o conhecimento e o material técnico produzido em torno do assunto. O MAPA e a ABCS pretendem, desta forma, auxiliar o produtor suinícola na sua adaptação às tendências de mercado, garantindo assim a sua sustentabilidade na atividade.

O trabalho conjunto das duas instituições teve início em 2014 com as primeiras discussões sobre bem-estar animal e meio ambiente. A ABCS sempre levou ao órgão o posicionamento do setor em relação a estas questões e mostrou interesse em conduzir o assunto de forma educativa e condizente com a realidade econômica e tecnológica de cada região, evitando assim legislações duras e impositivas e se preocupando com prazos longos e graduais de adaptação do setor produtivo aos anseios do mercado consumidor nacional e internacional.

Para acessar o Levantamento de Resultados do Protocolo de Intenções com MAPA 2017, clique aqui.

Fonte ABCS

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas