Setor inicia Semana Nacional da Carne Suína em quase 600 lojas em todo o país

Setor inicia Semana Nacional da Carne Suína em quase 600 lojas em todo o país

Cinco bandeiras aderiram ao período de promoção do produto que vai até 12 de outubro; abertura contou com presença do Ministro Blairo Maggi.

A Semana Nacional da Carne Suína (SNCS), iniciativa da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) com o apoio do Sebrae Nacional e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), está oficialmente aberta e manterá destaque especial à proteína até o próximo dia 12 de outubro. O evento de abertura, ocorrido na manhã desta terça-feira (26), no Hotel Tivoli Mofarrej, em São Paulo, contou com a presença de 150 participantes, entre eles autoridades como o ministro da agricultura, Blairo Maggi, representantes do varejo e da suinocultura brasileira.

Com a participação de cinco bandeiras, Extra, Pão de Açúcar, St. Marche, Oba Hortifruti e Comper, a SNCS destacará a carne suína em 589 lojas de 18 estados brasileiros com o intuito de apresentar, educar e promover a proteína aos clientes de classes A à C.

O objetivo, além do aumento nas vendas durante o período, é reposicionar a carne suína e trazer sustentabilidade à cadeia que conta com cerca de 20 mil produtores e emprega mais de 1 milhão de pessoas em todo o país.

O presidente da ABCS, Marcelo Lopes, afirmou que, graças ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (FNDS), o setor está ampliando a visibilidade da carne suína no mercado interno por conta da ampliação da SNCS e inclusão de novas redes com diferentes públicos, e visa atender cada vez melhor o consumidor brasileiro investindo em educação e diversidade no ponto de venda.

“Buscamos a sustentabilidade da suinocultura brasileira que representa um produto saudável, saboroso e de excelente custo-benefício. A SNCS envolve todos os elos, desde as granjas até a mesa. Trabalhamos engajados para oferecer uma proteína que atenda o anseio das famílias brasileiras, com compromisso com a qualidade, a sanidade, o meio ambiente e a sociedade”, explicou Lopes.

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, participou da abertura e valorizou o exemplo do setor e da ABCS com a realização da SNCS. “É uma iniciativa louvável e todos os segmentos com atuação no varejo deveriam fazer o mesmo. Só tenho a incentivar e sugerir sua ampliação”, elogiou.

Maggi, junto a uma comitiva representativa do agro brasileiro, abriu o evento e, na ocasião, argumentou sobre seu entendimento em relação aos principais papéis do MAPA. “A suinocultura vai decolar a partir de 2022, com o reconhecido do país como livre de aftosa sem vacinação e temos potencial para produzir 30 milhões de toneladas. É nessa direção que vamos”, completou.

Ampliação de redes e de público

Pela primeira vez desde 2013, a SNCS contará com quatro redes varejistas, que representam cinco bandeiras, durante o período da promoção. Extra, Pão de Açúcar, St. Marche, Oba Hortifruti e Comper representam, juntos, cerca de 10% do faturamento total do varejo brasileiro e dedicaram suas gôndolas e equipes para criar a maior vitrine da proteína no varejo brasileiro.

O diretor comercial do Oba Hortifruti, Francisco Homsi, explicou porque a rede decidiu fazer parte da SNCS. “Entendíamos que nos faltava um know-how para trabalhar com a carne suína e a ABCS nos trouxe isso com maestria por meio de workshops com nossas equipes de loja. Todo o suporte que nos deram fez nosso pessoal se sentir motivado. Eles abraçaram o produto e são nossos primeiros clientes. Está sendo um divisor de águas em nossa rede”, resumiu.

Já Victor Leal, co-CEO da St. Marche, destacou o potencial do produto em sua rede. “O St. Marche tem o propósito de renovar constantemente a experiência do cliente e não sabíamos do potencial da carne suína. Ao conhecer, vimos uma grande perspectiva e abraçamos a causa para levar este grande produto às mesas de nossos clientes”, disse.

O diretor comercial do GPA Multivarejo, Robson Parreiras de Matos, destaca que a rede participa desde a primeira edição graças à seriedade da ABCS e dos resultados do trabalho. “Levaremos este ano mais informação ao consumidor e um treinamento para a equipe de loja cada vez melhor. Nossa meta é crescer cerca de 20%, como nos outros anos, mas acho que conseguiremos até um pouco mais”, previu.

Já Leonardo Miyao, diretor comercial da Comper, destacou a importância da Semana Nacional da Carne Suína. “É uma campanha que conheço desde sua criação e agora realizaremos no Comper. Nós decidimos participar porque o varejo busca soluções para atender ao consumidor. O trabalho da ABCS é ímpar e os resultados exponenciais. Estamos confiantes em ainda mais sucesso”, finalizou.

O Sebrae Nacional também é parceiro dos produtores brasileiros nessa iniciativa de capacitação e formação dos colaboradores nas redes de varejo e na promoção da carne suína.

O gerente de agronegócios do Sebrae, Augusto Togni, frisou a convergência de objetivos entre as entidades e as perspectivas da SNCS. “O Sebrae se ocupa de desenvolver os pequenos e médios negócios há 45 anos. A ABCS é uma parceira do Sebrae e já realizamos dezenas de ações juntos. Que a Semana Nacional da Carne Suína deste ano seja mais um case e oportunidade de grandes negócios”, afirmou.

A programação ainda contou com a palestra “Varejo: Transformações, Oportunidades, Tendências e Inovações”, do consultor especialista em varejo e autor do blog falando de varejo, Caio Camargo.

A Semana Nacional da Carne Suína também conta com o apoio da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Associação Brasileira de Supermercados (Abras), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo e da Embrapa Suínos e Aves.

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas