ABCS participa de reunião da Câmara Setorial de Aves e Suínos no MAPA

ABCS participa de reunião da Câmara Setorial de Aves e Suínos no MAPA

A pasta frisou a importância do trabalho conjunto das entidades presentes em prol do setor

A Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) participou, nesta terça-feira (5), de reunião da Câmara Setorial de Aves e Suínos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Entidades públicas e privadas marcaram presença no encontro para discutirem assuntos relevantes para a suinocultura, entre eles os estoques públicos de milho e o Plano de Erradicação do vírus da Peste Suína Clássica (PSC).

A apresentação da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) sobre a atual conjuntura do milho foi um dos destaques da reunião. O analista de mercado Thomé Guth apontou os dados da instituição acerca do valor do cereal que, comparado ao ano passado, aumentou. "A diferença de preço é significante, houve uma quebra de safra na Argentina de 20% e o estado do Paraná teve problemas com a seca, logo, o volume de milho oferecido no mercado será menor que a do ano passado".

Guth aproveitou a ocasião para dizer que, até o momento, não haverá intervenção da Conab para comprar estoques públicos e propôs a criação de um o grupo de trabalho (GT) para debater e acompanhar a questão dos estoques de passagens.  Segundo ele, é necessária uma política para o milho, visto que o consumo do grão para ração animal está em ascensão. A ABCS irá compor o GT juntamente com a Sociedade Rural Brasileira (SRB), a Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e a Conab.

Para a gerente de Relações Governamentais da ABCS, Ana Paula Cenci, a criação do GT é uma forma de tentar atender a demanda pelo grão na região Centro-Sul do país – local onde estão os maiores produtores de suínos do Brasil. “Hoje o volume da Conab não atende todas as regiões do país, dessa forma temos que buscar políticas públicas para abranger os diversos suinocultores brasileiros”, afirmou.

Ainda na pauta da Câmara Setorial, foi citado o andamento do Plano de Erradicação do vírus da Peste Suína Clássica (PSC). O diretor do Departamento de Saúde Animal, Guilherme Marques, solicitou às entidades representativas mais empenho no combate da PSC, disse que é necessário erradicar o país todo da doença e alertou para o fato de atualmente ainda haver casos de infecções no Nordeste do país. “Esse é um trabalho conjunto entre Ministério e iniciativa privada, por isso, precisamos do apoio de todos”.

A ABCS se comprometeu em atuar junto à Pasta e garantiu que acabar com a PSC no Brasil trará benefícios para toda a suinocultura nacional. “Erradicar a Peste Suína Clássica poderá ampliar a ascensão da cadeia produtiva nos estados do Norte e Nordeste. Reconhecemos a importância da parceria entre entidades representativas e o MAPA, por isso a ABCS será uma grande parceira nesse combate”, destacou a representante da entidade.

Fonte: ABCS.

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas