Demandas da suinocultura são levadas à futura ministra do Mapa

O debate aconteceu na sede da CNA, em Brasília (DF), e contou com outras entidades representantes do agronegócio brasileiro

As demandas e os entraves do setor agropecuário brasileiro foram apresentados à futura ministra do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, em reunião do Conselho do Agro na última quinta-feira (22). Realizado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o encontro reuniu representantes das cadeias produtivas do agronegócio nacional, entre elas, a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), para apresentação das prioridades do setor para os próximos anos.

A reunião permitiu às entidades representativas dos produtores rurais, que atuam na defesa de temas de interesse do setor e do país, apontar ao novo governo a necessidades do agronegócio brasileiro. O presidente da ABCS, Marcelo Lopes, solicitou à ministra dedicação para fortalecer as políticas públicas com foco na saúde animal. “O Ministério já atua de forma assertiva no programa ‘Brasil Livre de Peste Suína Clássica’ e, com apoio da ABCS, pode fortalecer ainda mais o projeto. Em um trabalho conjunto podemos sensibilizar e estimular ainda mais o desenvolvimento da suinocultura no Brasil”, ponderou.

Lopes aproveitou a oportunidade para parabenizar a parlamentar por sua indicação e por ser uma grande defensora da agropecuária brasileira. “Parabéns, deputada, pelo trabalho realizado na sua legislatura e por toda a dedicação ao setor, principalmente neste último ano como presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA). Sabemos que os desafios virão, mas conte com o apoio do setor suinícola”.

Tereza Cristina (DEM/MS) agradeceu o apoio e destacou que a atuação à frente da Pasta será desafiadora e, por isso, a contribuição do setor produtivo é fundamental. “Conto com a colaboração de todas as entidades do agro para modernizarmos o Mapa”. Ainda na reunião a futura ministra comentou sobre a proximidade da Pasta com o Ministério do Meio Ambiente (MMA). “Mesmo ainda sem o nome do novo (ou nova) ministro do MMA será essencial ter sinergia entre as duas pastas e isso é um pleito do presidente eleito, por isso os dois órgãos vão trabalhar juntos e em prol do crescimento do Brasil”, destacou.

No encontro, o presidente da CNA, João Martins, convidou a futura ministra para participar das reuniões do Conselho do Agro e frisou que a “a casa do produtor rural está sempre de portas abertas para recebe-la”.

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas