Lançamento das cartilhas técnicas da ABCS reúne lideranças da suinocultura em Brasília

Lançamento das cartilhas técnicas da ABCS reúne lideranças da suinocultura em Brasília

Com foco em sustentabilidade e boas práticas nas fábricas de ração das granjas, os materiais estão disponíveis para download no site da ABCS


As novas cartilhas técnicas da ABCS, “Novos Caminhos da Suinocultura” e “Boas Práticas Agropecuárias para Fábricas de Rações Próprias” já estão disponíveis para todo o setor. Na última terça-feira (14/05), em Brasília, aconteceu o evento de lançamento das publicações.

No hotel Kubitschek Plaza, estiveram reunidas diversas lideranças do setor suinícola, representantes das associações estaduais e das instituições parceiras nesse projeto, como a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a Embrapa, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e o Sebrae, além do Grupo Pão de Açúcar (GPA).

O evento teve início com as boas vindas do presidente da entidade, Marcelo Lopes. Ele reforçou o compromisso da associação com o aprimoramento da atividade suinícola e destacou a relevância do material para toda a cadeia.“Esse é só o início de um trabalho forte em busca de uma suinocultura cada vez melhor. E a ABCS está preparada para isso. Agora cabe a nós divulgar esse trabalho, transmitir esse conhecimento, dar continuidade à missão que nós temos”, afirmou.

A diretora de marketing e projetos da ABCS, Lívia Machado, aproveitou a oportunidade para falar sobre o atual cenário global de negócios e sobre a necessidade da suinocultura se reinventar frente às novas tecnologias e possibilidades, evidenciando também as mudanças no consumo. Para ela, a produção das cartilhas faz parte desse contexto, pela iniciativa de difundir informações atuais e qualificadas para os suinocultores.

“O consumidor é o grande motivador do nosso trabalho e por isso, buscamos a evolução da cadeia e o aprimoramento da qualidade do nosso produto. Mudar é transformar e com a nova conjuntura de um mundo todo conectado, precisamos cada vez mais comunicar com o consumidor e também tornar o agronegócio conectado entre si”

Logo em seguida, Iuri Machado, presidente da Comissão Nacional de Aves e Suínos da CNA e coordenador técnico do projeto, apresentou as cartilhas, destacando os temas que se sobressaem em cada uma das publicações. Biosseguridade, sustentabilidade econômica, social e ambiental foram alguns dos mais destacados. “Temos que estar preparados e o conteúdo das cartilhas vem para trazer essa segurança e conhecimentos que são fundamentais para fornecer aos diversos agentes da cadeia os instrumentos necessários para um trabalho eficiente”, apontou.

Ainda segundo o coordenador do projeto, a cartilha “Novos Caminhos da Suinocultura” inclui uma visão ampla das oportunidades de gestão nas granjas, com temas como a otimização do uso de recursos, e a gestão de custos. Foram autores dessa publicação, o administrador de empresas Augusto Fischer, o engenheiro agrônomo da Embrapa Suínos e Aves, Evandro Barros, o economista também da Embrapa, Marcelo Miele, os médicos veterinários da empresa Integrall Soluções em Produção Animal, Roniê Pinheiro e Iuri Pinheiro Machado, o engenheiro agrônomo do MAPA, Sidney Medeiros e o engenheiro agrônomo da Conab, Thomé Guth.

Já a cartilha “Boas Práticas Agropecuárias para Fábricas de Rações Próprias”, desenvolvida pelo médico veterinário da Neo Consulting, Stefan Rohr, com revisão técnica do engenheiro de alimentos da LAP Gestão Empresarial, Leonardo Alves Pinto, contém reflexões sobre a qualificação de fornecedores e controle de matérias-primas e métodos para assegurar o fornecimento de uma alimentação adequada aos suínos.

Os autores das cartilhas estiveram presentes no evento, assim como os representantes das instituições apoiadoras Daniel Carrara, diretor geral do Senar, Rafael Monezi gerente comercial do GPA, Victor Rodrigues Ferreira, analista da unidade de Competitividade do Sebrae Nacional, Fernando Campos, representante da Embrapa Suínos e Aves na Câmara setorial do MAPA, Eduardo Sampaio, Secretário de política agrícola do MAPA e Fernando Mendes, Secretário adjunto de defesa agropecuária do MAPA.

Antes da entrega dos materiais aos presentes no encontro, a diretora técnica da ABCS, Charli Ludtke, comentou sobre o processo de produção e informou sobre como o conteúdo será aproveitado. “Vamos realizar seminários técnicos por todo o Brasil, em parceria com as afiliadas, detalhando mais esse conteúdo, para promover as transformações que precisamos. Precisamos sempre nos reinventar, colocando como prioridade tanto o bem-estar e a saúde das pessoas, quanto dos animais”.

Além de ser base para os seminários, as cartilhas também estarão disponíveis para download a partir desta quarta-feira (15/05). O conteúdo poderá ser acessado pelo site http://www.abcs.org.br/

Sistema ABCS reelege diretoria e Marcelo Lopes segue à frente da instituição

Após o lançamento das cartilhas técnicas, ocorreu a Assembleia Geral Ordinária, com a eleição da nova diretoria da ABCS, do biênio 2019/2021. Marcelo Lopes foi reeleito como presidente da entidade por unanimidade pelas associações estaduais presentes e adimplentes. “Agradeço pela confiança e acredito que nós avançamos muito. Hoje a associação é respeitada em todas as esferas. Tenho a segurança de que estamos trabalhando de uma forma correta, procurando atender os interesses dos produtores”, manifestou.

Fazem parte do novo conselho de administração da ABCS, Marcelo Lopes (DF), conselheiro presidente, Paulo Lucion (MT), conselheiro financeiro, Olinto Arruda (SP), conselheiro técnico, Valdecir Folador (RS), conselheiro de relações de mercado e João Leite (MG), conselheiro administrativo.

Já o conselho fiscal será composto pelos conselheiros efetivos Ivo Jacó (DF), Paulo Helder Braga (CE) e Alessandro Boigues (MS) e os suplentes Mauro Antônio Gobbi (RS), José Puppin(ES) e Celso Phillipi Jr (MS).

Deputado Schiavinato assume a presidência da Frente Parlamentar Mista da Suinocultura

O encontro também foi palco da posse do novo presidente da Frente Parlamentar Mista da Suinocultura (FPS). Com apoio da ABCS, o deputado José Carlos Schiavinato (PP-PR) assumiu a presidência da FPS no lugar do Covatti Filho (PP -RS).

A atual legislatura da Frente contou com mais de 230 adesões entre deputados e senadores e tem como objetivo atuar de forma proativa. No seu primeiro mandato como deputado federal, Schiavinato garante que o seu trabalho a frente da Bancada será alinhado e construído com as necessidades dos produtores de suínos. “No Parlamento, vamos debater as demandas da cadeia de forma assertiva e sempre buscando agregar valor na produção brasileira e consequentemente trazer melhorias para a economia nacional”, disse Schiavinato na posse.

Já o presidente a ABCS, Marcelo Lopes comentou que a união da cadeia é um fator essencial para barganhar melhores condições aos suinocultores e, por isso, a Frente da Suinocultura tem o apoio da ABCS. “Juntos vamos dar andamento e celeridade nas pautas que impactam diretamente a produção. Dessa forma, vamos pedir auxílio das afiliadas da ABCS para cobrar o apoio dos parlamentares na execução dos projetos de interesse da cadeia”.

Ao final do evento, os presentes desfrutaram de um coquetel especial, à base de carne suína.

Fonte: ABCS

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas