ABCS lança Manual de Boas Prática Agropecuárias na Produção de Suínos

ABCS lança Manual de Boas Prática Agropecuárias na Produção de Suínos

Divulgação do material já aconteceu em 8 estados

 

Gestão da propriedade rural, responsabilidade ambiental, manejo pós-parto, pré-abate, bem-estar animal. A Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) respondeu diversas perguntas e reuniu em uma publicação instruções de manejo para a suinocultura nacional. O Manual Brasileiro de Boas Práticas Agropecuárias na Produção de Suínos tem conteúdo inédito e já foi lançado em oito dos treze estados que sediam Associações estaduais de criadores de suínos.

A publicação de 140 páginas reúne informações sobre os principais temas da suinocultura, divididos em 12 capítulos. De maneira didática o documento traz orientações sobre biosseguridade e ferramentas de controle sanitário, manejos reprodutivo, de terminação e de pré-abates, cuidados na alimentação, gestão ambiental, entre outros. Além do texto foram inseridas imagens diversas, para facilitar a compreensão do leitor.

O trabalho é resultado de uma parceria entre a ABCS, a Embrapa Suínos e Aves, e o Ministério da Agricultura. A expectativa é de que o manual se torne uma importante ferramenta na padronização da atividade e ajude o Brasil a conquistar ainda mais respeito e espaço no mercado internacional, já que as Boas Práticas Agropecuárias constituem um dos principais instrumentos para demonstrar a gestão adequada de um estabelecimento rural, sendo pré-requisito de vários protocolos requeridos pelo mercado interno e externo.

Em uma época em que os custos são elevados e não há mais espaço para gestão amadora, o documento pode ter papel fundamental na consolidação da cadeia produtiva em regiões que há alguns anos não eram tradicionais na produção de suínos, mas que hoje demonstram avanços significativos neste segmento. É o caso dos estados da região Nordeste, principalmente Bahia e Ceará.

“Ao lançar esta publicação, a ABCS demonstra a importância das Boas Práticas também na gestão da propriedade, considerando assim todo o processo produtivo e a sustentabilidade econômica, ambiental e social da suinocultura”, ressaltou o presidente da ABCS, Marcelo Lopes.

A cada dia cresce a preocupação com a qualidade dos produtos, as práticas utilizadas para produzi-los e, acima de tudo, a conservação do meio ambiente. A atividade agrícola, a pecuária, e a produção agroindustrial exercem um papel chave nesse contexto: suas ações estão intimamente relacionadas a uma vida mais saudável, ao cuidado com os recursos naturais, e são a base de uma enorme cadeia de produção que termina na mesa do consumidor.

Em resposta a essa demanda, as Boas Práticas Agropecuárias tornaram-se uma ferramenta essencial para o produtor do século XXI e este guia fornecerá informações e recomendações simples, porém fundamentais, para ajudar o suinocultor tornar sua produção melhor, mais saudável e mais sustentável.

 

“O nosso desejo é que esta cartilha se torne o livro de bolso do produtor, colaborando para o sucesso da sua atividade”, encerrou o presidente da ABCS. A publicação ainda será lançada dos estados do Ceará, Goiás e Espírito Santo. O manual estará disponível nas principais entidades do agronegócio, como Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, bem como as superintendências estaduais, as Federações de Agricultura e Pecuária, Embrapa Suínos e Aves e nas afiliadas da ABCS.

Para conhecer o Manual de Boas Práticas, clique aqui!



Fonte: ABCS

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas