PNDS promove aperfeiçoamento para colaboradores de granjas participantes do SUINTEC no Ceará

PNDS promove aperfeiçoamento para colaboradores de granjas participantes do SUINTEC no Ceará

Quatro granjas retomam conhecimento de técnicas usadas na consultoria SUINTEC com o objetivo de melhorar seus processos produtivos


Satisfeitos com as consultorias do Programa de Inovação e Tecnologia Produtiva na Suinocultura (SUINTEC), os suinocultores do Ceará requisitaram mais uma visita de acompanhamento dentro das granjas. Atendidos pelo programa desde outubro de 2011 as granjas Rabelo, Guaiuba e Xerez I e II participaram da consultoria técnica para a avaliação de manejo e procedimentos técnicos, que segundo o consultor da ação, Ronie Pinheiro, é uma continuidade dos trabalhos desenvolvidos durante o SUINTEC. “Fomos surpreendidos pela iniciativa dos suinocultores que notaram a necessidade de uma nova avaliação dos processos de manejo e desenvolvimento da granja como um todo”, comenta o consultor da Integrall - Soluções em produção animal.

A visita, que é parte da  ações do Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS), organizadas pela Associação dos Suinocultores de Ceará (ASCE) em parceria com o Sebrae/CE, buscou esclarecer dúvidas sobre os módulos de manejo, relembrar rotinas das granjas e, em especial, reforçar a importância dos cuidados com o meio ambiente, fato determinante a sustentabilidade do negócio. “A nova capacitação conscientiza o produtor a um uso sustentável de suas propriedades, pois recebe na teoria e na prática elementos para aplicar no seu empreendimento rural”, reforça o consultor e médico-veterinário.

Segundo Carlos Monteiro, proprietário da granja Guaiuba, os números apresentados nas primeiras visitas foram estimulantes. “Ficamos muitos satisfeitos com os resultados das primeiras visitas. Notamos uma melhora significativa nos números e acredito que com estas novas visitas os números futuros serão ainda mais expressivos”, diz.

Na consultoria finalizada no primeiro semestre deste ano, a ação teve números representativos. Segundo dados da consultoria, os resultados foram expressivos na maioria das granjas trabalhadas durante o período de avaliação e implantação de melhorias. No caso da granja Guaiuba, localizada região metropolitana de Fortaleza, onde as taxa de partos eram próximas a 70% evoluíram para 93%. Os dados coletados durante a consulta revelaram ainda que somadas as taxa de parto, número de nascidos, parto matriz ano, os números saltaram de 22,4 desmamados/matriz/ano para 27,14 (média 2012). Ou seja, 4,74 leitões desmamados a mais por matriz ano. Assim, com 280 matrizes (vezes 4,74), são 1.327 leitões adicionais.

Para Tiago Xerez, médico-veterinário da granja Xerez a continuidade da consultoria desenvolvida pelo PNDS trouxe melhorias definitivas para a granja. “Com a orientação que recebemos foi possível mudar hábitos utilizados no manejo e também incluir novas tecnologias que podem fazer diferença no final do processo. Os números que apresentamos no encerramento da consultoria são provas disso. Esta nova consultoria reforça os processos dentro das granjas e consequentemente melhora nossa produção”, diz.

Segundo a coordenadora nacional do PNDS, Lívia Machado, o papel do Projeto é fortalecer o elo da produção e, para isso, o Suitec é um dos modelos mais utilizados neste setor. “Esse é o nosso papel na produção: atuar na melhoria da eficiência das granjas e proporcionar meios de aumento da sua produtividade. O SUINTEC no Ceará vem trazendo resultados surpreendes e cumprindo o objetivo proposto”, encerra.

 

Fonte: ABCS
Publicado em 12/11/2012

Setor de Indústrias Gráficas (SIG), Quadra 01 – Ed. Barão do Rio Branco, sala 118 | CEP: 70.610-410 | Brasília - DF
Telefone: (61) 3030-3200
Design: Conectando Pessoas